Santa Rendeira

Por uma moda menos ordinária

considerações sobre a nyfw 01/10/2009

Filed under: Passarela — santarendeira @ 12:00

Eis o textinho sobre a semana de NY para a Paradox. Não vi toooodos os desfiles, só os que achei “mais importantes”. Mas dá para ter uma ideia boa.

: *

Longos, estampas e sandálias delicadas

Na NYFW Verão 2010, chegam com tudo a combinação jeans-jeans e calças mais curtinhas


Não que a semana de moda de Nova York não traga novidades. Mas a novidade está mais no jeito de vestir do que exatamente na peça. Para quem não é assim tão ligado em moda, fica até mais fácil de entender. E para quem é super ligado em moda, é a oportunidade perfeita para ver os jeitos mais legais de traduzir as criações mais fashion para a vida real.

spring2010ny_fem1


Alexander Wang trouxe mangas volumosas – mas não aquelas supermangas que vimos no desfile de Alexandre Herchcovitch. No caso de Wang, elas ainda são de moletom cinza – suuuper tendência. Lembram do desfile da Osklen, da força do moletom, da pegada 80’s Flashdance?

Wang mostra ainda como usar barriga de fora – que já vem ensaiando sua volta há cerca de duas temporadas e tem tudo para ficar, acostume-se. O negócio é não mostrar muito dessa região do corpo. Se conseguir esconder o umbigo então, melhor ainda. Apostar em peças de alfaiataria para compor looks nesse estilo também é esperto; evita qualquer risco de vulgaridade. Wang apostou muito na alfaiataria leve e desconstruída – quase um must nos dias de hoje. Ralph Laurentambém não deixou barato, e brincou com camisões de alfaiataria que se transformaram em vestidos.

Francisco Costa, na Calvin Klein, é outro mestre no assunto alfaiataria minimalista. Nesta temporada, ele mostrou que ainda há espaço para os blazers de tamanho grande, com cara masculina. Não só ele, claro. Mas é ele quem dá a ideia mais legal. Desta vez o blazer é tão grande que fica parecendo um sobretudo. E como é verão, o tecido é leve, texturizado [para ter mais graça], e o look, monocromático. Afinal, se não fosse esse clima minimalista, nem seria CK.

spring2010ny_fem2

Mas é verão, e o clima tropical e quente volta, sim.  Diane Von Furstenberg mostra que dá para iluminar um look com classe: combina vestidinhos pretos com muitos braceletes em cores neon. Nos dois braços. Tem tudo para ser o truque de styling preferido das moças pelas praias. Se você não é adepta das pulseironas, então vá de bolsa colorida – sempre a segurando nas mãos, como no desfile de Oscar de la Renta. E é a volta dos vestidos longos, depois de looongo [opa, que trocadilho!] reinado dos curtos.  Não que os curtinhos vão desaparecer. Mas agora também há espaço para os longos, em tecidos fluidos e estampados.

Muito democraticamente, também há espaço para tecidos mais estruturados, como fez a DKNY.  Aqui, de novo, aparece a calça mais curtinha, dobradinha na canela, verdadeiro hit da estação [todo mundo fez].  A DKNY também traz uma pegada 90’s, com a bermudinha de ciclista.

Quem já estava com saudades das estampas, que andavam esquecidas, pode comemorar. Elas voltaram de vez – animal prints, as com pegada étnica, florais 90’s, até as mais variadas, para misturar uma com a outra. O crash está de volta, levemente organizado, combinando cores sutilmente. Marc by Marc Jacobs tem os melhores crashes de estampa, além da peça desejo da estação: o shortinho de cintura alta e pernas larguinhas – chique e fácil.

As passarelas novaiorquinas ainda tiveram espaço para uma pegada étnica sutil – que também não é exatamente novidade [as passarelas europeias já vinham apresentando coisas nesse sentido]. Diane von Furstenberg trouxe animal prints fortes, Rodarte é toda selvagem e de la Renta vai de étnico-rico com seus crochês.

E tem ainda a reciclagem de tendências consolidadas: na Rodarte, as leggings apareceram recortadas. A saia de cintura alta está em todo lugar, sempre rodada, com um cintinho fino, videZac Posen. E aquele ar masculino, as roupas boyfriend, perduram, de preferência em looks atualizados, como novas proporções, como os de Ralph Lauren.

_dicas para arrasar, segundo a nyfw

–   Chapéu é tudo na vida. Pode ser mais chique e arredondado, como os de Oscar dela Renta, como mais descontraído e cara de Panamá da Lacoste. Vale ainda apostar na informalidade-formal da boina da Ralph Lauren

–   Sandálias abotinadas e de gáspea alta ainda reinam, especialmente se forem com estampa de oncinha, como as de Alexander Wang. Mas as anabelas e delicadas começam a voltar

–    Na hora de usar a bolsa, use-a à tiracolo ou nas mãos – não importa o tamanho

–    O acessório do verão são as pulseiras, usadas nos dois pulsos, aos montes e em várias cores, de preferência flúor

–    Não esqueça a transparência: ela continua firme por aí, especialmente se usada em várias camadas de tecido transparente, sem revelar tanto

–    Pode se jogar nas cores fortes e vibrantes. A mistura rosa e laranja é das mais animadas e hype – assim como no look de Zac Posen

–    O nude nem apareceu tão forte quanto se esperava. Mas ainda é hit absoluto quando se trata de vestido de festa. Riqueza pura

–    Nos cabelos, aposte nas tranças laterais de Wang

Anúncios
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s