Santa Rendeira

Por uma moda menos ordinária

o fim do salto alto? 11/08/2009

Filed under: Jornalismo de Moda,Others — santarendeira @ 17:32

 

 

Como muitos de vocês devem saber, o The Times é um dos mais importantes jornais ingleses, junto com o The Guardian e o International Herald Tribune. O The Times tem uma edição especial aos domingos, o The Sunday Times, com matérias especiais, longas e mais aprofundadas que as matérias do dia-a-dia. E essa edição dominical tem uma seção de moda bastante tradicional, com uma característica bem própria, com ilustrações e tals. E é legal sempre ler por que são grandes reportagens, diferente dos drops de informações que a gente vê nos blogs, nos sites, no dia-a-dia. 

 

 

Cover09_599410a

 

 

Então estava lá eu fazendo essa minha leiturinha do ST e encontrei essa matéria bafônica, em tom profético: SALTOS JÁ ERAM

 

Oi?

 

Tudo começou por que uma organização sindical inglesa, a Trades Union Congress, declarou no começo do mês que saltos altos são “demeaning” – escolha sua tradução preferida para demean: rebaixar, humilhar. A recomendação da organização é que as mulheres usem sapatos mais “conscientes”, “sensatos”, escolha sua tradução preferida para sensible também.

 

A partir daí, a matéria vai mostrando porquê acha que passaremos a usar só sapatos baixos num futuro próximo. Tem uma história de que a venda de sapatos baixos na loja Selfridges já aumentou 20%. E toda a história de que a todapoderosa Anna Wintour, que só usava sapatos altos, ter aparecido usando sandalinhas baixinhas. O mesmo aconteceu com a não menos poderosa Carine Roitfeld.

 

 

843

 

 

Eles apostam também que os ‘flats’ serão populares porque não ostentam tanto, e isso tem tudo a ver com o momento atual. A coisa entra até na nossa psiqué, quando uma psicóloga afirma que nós temos necessidade de embelezar os pés por eles serem uma região periférica do corpo que, se não for embelezada, não seria “validada”, de certa forma. E o diretor de acessórios da Selfridges também dá seu pitaco, afirmando que a tendência para os pés deixou de ser o belo, o sexy, e está mais para o modernoso e, como os designers já trabalharam esse clima mudérno nos sapatos de salto, agora seria a vez dos sapatos sem salto.

 

Mas e o que diz o WGSN, maior empresa detectora de tendências????? Claire Foster, editora do assunto do portal, não rebate a tese. Para ela, pode haver uma mudança de conceito: sim, salto alto dá mais confiança e sensação de poder, mas também limita os movimentos. A possibilidade de se mover melhor, sem dificuldades ou dores será o sentimento de poder dos flats, acredita.

 

 

E AÍ, CABOU O SALTO MESMO?

 

 

BQcDAAAAAwoDanBnAAAABC5vdXQKFklEVm1vN0tHM2hHNFpoYVJ2cWJjTVEAAAACaWQKAXgAAAAEc2l6ZQ

 

 

 

Tudo bem bafo, né? Eu ainda não tinha reparado nessa tendência em direção aos sapatinhos baixos. Acredito que ainda vá demorar um pouco, as wedges, os pumps ainda têm bastante fôlego, penso eu.  Mas tem toda a história de que as gladiadoras, que todo mundo achava que já tinham dado o que tinham para dar, e tiveram megaforça no verão do hemisfério norte. E isso deve se repetir por aqui no próximo verão, como é de praxe.

 

Fiquei aqui pensando na história da TCU achar que o salto é opressor.  O que eu penso é que a gente deve ter alguma noção de como funciona a sociedade em que vivemos para entedermos nossos desejos de consumo e nossa vontade de ficar bonita. Assim, no meu entendimento, tudo bem querer embelezar-se, afinal de contas, isso conta no nosso mundo. Maaaas a gente tem que saber que isso de longe é tudo na vida, e que portanto não vale fazer de tudo para chegar lá. Assim, imagino que usar um belo sapatinho de salto seja uma maneira fácil, simples e não permanente de sentir de tal maneira. E ainda inofensível, por que, se alguma mulher quiser passar toda a sua vida usando sapatos baixos, ela poderá, e continuará sendo phyna e não será recriminada. Acho que já chegamos nesse estágio de consciência. Então é uma questão de estudo, inteligência fashion e reflexão. E sim, existe a escolha. Então quando a gente opta pelo saltão, é por que quer mesmo – e a gente até já sabe qual salto para qual ocasião (talvez um mais grosso para um período maior, um mais alto e fino quando a gente vai ficar sentada). Então, não subestima a gente, TCU, deixa que dos nossos armários e nossos pés cuidamos nós.

 

Bom, quanto aos flats de Wintour e Roitfeld, eu acho tosco todo mundo ficar pasmo delas usarem e ficarem repentido isso por aí como se fosse notícia jornalísitca.  Mas que são trendsetters, são, né?

 

 

2009-07-29-63384229648114500053031457516267

 

 

Toda essa coisa de se vestir não ostentando, eu acho que até é OK, mas eu acho que mais importante do que se parecer simplificado, é realmente agir de tal maneira e não sei mesmo se as pessoas desse nosso tão querido e estranho mundinho fashion estão dispostas.  Num primeiro olhar, a matéria parece um bafão. Não é tão bafão, por que basta lembrar dos ciclos da moda que conhecemos para imaginar que se vínhamos numa onda saltões, uma hora o oposto viria, que é assim que funciona a engrenagem toda.  

 

Pode ser, pode ser que os baixos venham com tudo – e eu adoro. Mas não, não acho que seja o fim dos saltos. E pessoas como Mônica Salgado, editora de especiais da Vogue, que escreveu na última edição da Vogue Acessórios sobre seu hábito de SÓ usar saltões? Ela não está sozinha e acho que essas guerreiras continuarão por aí. 

 

Então o negócio da matéria era mais falar que vem por aí uma tendência baixinha. Ah, tá. Mas sensacionalizou um pouco, né? Não mata a gente do coração, ST, com uma bomba dessas. Só não fiquei bege, porque bege é sooo last season, eu fiquei foi nude.

 

 

Tô megacuriosa para saber o que vocês fofos que me visitam acham de tudo isso.

 

: *

 

 

 

 

Anúncios
 

6 Responses to “o fim do salto alto?”

  1. aninha Says:

    nãooooooo..fim do salto alto não! Muito difícil acabar. E sabe por que? eu não deixarei..hahahah, vou continuar usando, certeza.

  2. Thais Bueno Says:

    Excelente o teu texto. Eu também tenho o hábito de só usar salto. Não saio de casa sem, acho que porque sou baixinha. Mas acho que nem se todas as revistas de moda do mundo decretarem o fim do salto alto, isso vai acontecer. Não tem como. É eterno como as pérolas e o pretinho básico.

  3. leticia Says:

    Oi Thais! Que legal seu comment, acho que você tem razão mesmo!

    beijooo

  4. evelyn roos Says:

    é estranho isso… porque sempre vai ter alguém que só vai se sentir bem usando salto alto, e deve ter muitos “alguéns” assim.. porque sapatos baixos podem ser lindos, luxuosos e confortáveis… parece mais vantagem usar os baixinhos né?

  5. Márcia Mesquita Says:

    eu não uso salto nem por decreto, mas porque moro num país de estatura mediana hauehuaeh e fico com 1,85 – no mínimo – com salto. e porque acho desconfortabilíssimo. e porque eu ando MUITO rápido e o salto atrapalha o movimento. só uso em últimos casos como casamentos chiques.
    no último, fiquei 3 dias sem sentir os dedos dos pés, então resolvi que no próximo, eu vou comprar uma rasteira cheia de pedras e to-nem-aí ehuaheuaheuhae. o que vale é a postura: de salto e corcunda não rola.

    mas duviiiiiiiiiiiido que o salto acabe. ele ainda é a maioria esmagadora na preferência E nas lojas. acho muito chique e bonito quando bem usad e odeio não gostar de ser alta

    (se alguém me falar pra usar de novo q nao tem nada a ver ser alta e usar salto, ignoro solenemente. não sou casada com o Tom Brady, infelizmente a maioria dos homens tem menos altura q eu e me visto pra eles mesmo ehehe)

    bjs

  6. santarendeira Says:

    ahahahahaha, márcia AMEI seu comment! poizé, não entendi pq o Sunday Times quis sensacionalizar tanto!

    beijooo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s